Gestão

Estrutura de Gestão

A estrutura de gestão do Instituto Pacs é descentralizada, participativa e transparente, com a intenção de desenvolver um sistema não hierárquico de atribuição de responsabilidades. Para fortalecer a participação de seus membros, o Pacs criou espaços ampliados, o que favorece a autogestão e contribui para uma maior convergência e sinergia entre projetos, administração e equipe.

Neste sentido, desde março de 2018, o Pacs tem se estruturado a partir de uma Coordenação Colegiada formada por três mulheres, que compartilham o trabalho de coordenação de projetos, do setor administrativo-financeiro, da equipe técnica, do setor de comunicação, e das parcerias e articulações políticas; seguindo na construção do Instituto como um espaço político amplo e com memórias valiosas. No cotidiano, adota a dinâmica de reuniões semanais de coordenação, de equipe técnica e do setor administrativo-financeiro, permitindo que as decisões estejam apoiadas no princípio do diálogo e da horizontalidade.

Além disso, o Instituto Pacs possui com um Conselho de Gestão em que estão presentes o presidente Marcos Arruda, a vice-presidente Sandra Quintela, e sócios-colaboradores para consultas e diálogos que demandem aprofundamento, contando com olhares daqueles que ao longo dos 30 anos construíram a história da instituição. E, ainda, com a finalidade de trazer as pautas do Pacs em debate e discutir os rumos a serem tomados diante de determinados contextos políticos, o Instituto Pacs reúne, na instância de Espaço Circular, além de toda a equipe, 27 sócios, ao menos quatro vezes ao ano.

 

Presidente

Marcos Arruda

Graduado em geologia pela UFRJ, mestre em Economia do Desenvolvimento pela American University e doutor em Educação pela UFF.

 

Vice-presidente

Sandra Quintela

Graduada em Economia pela UFAL; pós-graduada em Políticas de Desenvolvimento; mestre em Engenharia de Produção pela COPPE-UFRJ.

 

Coordenação Colegiada

Aline Alves de Lima

Aline Lima, psicóloga, educadora popular e atriz, especialista em terapia através do movimento: corpo e subjetivação. Atua há 10 anos diretamente no campo da Economia solidária e feminista, agroeocologia e violência contra as mulheres. Experiência voltada para articulação, formação política e mobilização nos movimentos sociais.

Manoela Justo

Cientista social, formada pela UFF, com 12 anos de experiência em execução e gestão financeira de projetos políticos e culturais

Marina Praça

Educadora popular, pesquisadora social, bióloga e mestra em educação pela UFRRJ com experiência no trabalho territorial e popular, articulação política e mobilização social.

 

Administrativo-Financeiro

Ana Cândida da Silva

Graduada em Ciências Contábeis e pós-graduada em Finanças Públicas – Contadora

Augusto César Leitão

Ensino médio completo, experiência de trabalho em administrativo-financeiro – Assistente Administrativo-Financeiro

Geane Tacchi

Graduada em Letras pela UVA, experiência de trabalho em administrativo-financeiro – Assistente Administrativo-Financeiro

 

Comunicação

Iara  Moura

Graduada em Comunicação Social – Jornalismo na UFC, Mestre em Ciências da Comunicação pela UFF – Comunicadora

Isabelle Rodrigues

Graduanda em Comunicação Social – Jornalismo pela ESPM e técnica em Publicidade e Propaganda pela FAETEC – Estagiária

 

Equipe Técnica 

Ana Luisa Queiroz

Educadora popular, feminista, entusiasta do cinema popular, cientista social e mestra em Antropologia e Sociologia, com experiência em debates sobre conflitos socioambientais, mineração, protagonismo feminino e economia solidária.

Pedro D’Andrea

Pesquisador militante, com ênfase na metodologia da Investigação Ação Participativa, educador popular, graduado em Geografia pela UFF, mestre em Geografia pela UERJ/FFP; Atua nas áreas de conflitos socioambientais, com ênfase na luta pela terra, água, alimento e território; busca potencializar e articular experiências territoriais autônomas que apresentem alternativas desde abajo.

Yasmin Bittencourt

Pesquisadora Internacionalista pela UFRRJ, feminista e da baixada fluminense; com experiência em pesquisa sobre marco jurídico internacional de investimentos na África, internacionalização do Estado e Índia.

 

Sócios-colaboradores

Ana Saggioro Garcia

Mestre pela Universidade Livre de Berlim em Ciência Política e doutora em Relações Internacionais pelo IRI/ PUC-Rio. Professora do Departamento de História e Relações Internacionais da UFRRJ.

Joana Emmerick

Graduada em Relações Internacionais pela PUC-Rio; mestre em Ciências sociais pela UERJ, e especialização em Políticas Públicas e Cultura de Direitos na UFRJ.

Karina Kato

Graduada em Economia pela UFRJ, mestre e doutora pelo Programa de Pós Graduação de Ciências Sociais em Desenvolvimento, Agricultura e Sociedade da UFRRJ.

Miguel Borba de Sá

Bacharel e Licenciado em História pela UFRJ; mestre em Relações Internacionais pela PUC-Rio; mestre em Governo pela Essex University. Doutorando em Relações Internacionais na PUC-Rio.