Quem lucra com a nossa comida e os caminhos para uma alimentação saudável

 

No caminho para uma alimentação saudável, há muitas barreiras a atravessar. São imensas e poderosas as cadeias de empresas que processam alimentos, há muitas negociatas entres empresas e governos, faltam políticas para estimular a produção orgânica de frutas e legumes, entre outros fatores. Enquanto nos enchemos de agrotóxicos, conservantes, aromatizantes e demais produtos químicos que compõem os alimentos, tem gente ganhando dinheiro em cima da nossa saúde.

“Quem lucra com a nossa comida?”, a mais recente publicação lançada pelo Instituto Pacs, busca trazer o debate sobre esses temas e estabelecer um diálogo com a população sobre o sistema agroalimentar no estado e na cidade do Rio de Janeiro. Os textos, em formato de fanzine, integram uma ação de comunicação e educação popular sobre concentração de riqueza no Rio.

O fanzine é uma publicação impressa de fácil manuseio e que convida à leitura passo a passo, aproximando-se de uma conversa informal.

O fanzine traz dados sobre agronegócio, concentração de terra no País, entre outros temas sobre sistema agroalimentar. Também alerta para a alimentação saudável como um direito a ser conquistado. A publicação aponta como alternativa a agricultura feita por pequenas/os produtoras/es, sem agrotóxicos, que vendem sua produção de maneira justa.

A publicação foi distribuída para os/as participantes do IV Encontro Estadual de Agroecologia do Rio de Janeiro, realizado de 26 a 28 de outubro de 2017 em Paraty (RJ). Outras ações de distribuição do material serão realizadas.

Baixe o fanzine

Quem lucra com Nossa Comida

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*