Módulo sobre conflitos socioambientais e construção de alternativas encerra Curso Mulheres e Economia de 2017

Economia é política e deve estar nas mãos das mulheres. Há 14 anos esse tem sido o lema da formação em economia feminista que o Instituto Pacs organiza no Rio de Janeiro por meio do curso “Mulheres e Economia”. Na próxima quarta (02/08), encerra-se a 17ª edição do curso, com o módulo “Conflitos socioambientais e alternativas ao modelo de desenvolvimento”, facilitado pelas educadoras Fabrina Furtado e Silvia Baptista. A atividade, culminância da formação deste ano, ocorre em um sítio em Vargem Grande, lugar resistente e pulsante em formas alternativas de produção da vida, na Zona Oeste da cidade. As formandas serão recepcionadas por mulheres da Coletiva Hortelã.

O curso Mulheres e Economia compreende 35h de formação, divididos em cinco encontros. Neste ano, foram formadas cerca de 50 mulheres. A coordenadora -geral do Instituto Pacs, Sandra Quintela, que facilitou um dos módulos sobre dívida pública e as contrarreformas, lembra que o curso permite acesso a informações sobre economia em uma abordagem de educação popular. “Muitas das formandas estavam surpresas porque não tinham ideia do que estava acontecendo”, explica Sandra, em referência aos retrocessos em curso com a PEC dos Gastos e as Contrarreformas Trabalhista e Previdenciária.

Para Aline Lima, educadora popular do Instituto Pac, o curso mostra como é “impossível construir uma nova sociedade sem pensar o papel da mulher na economia”.  

Agenda

No próximo dia 07/08, mulheres da Articulação de Agroecologia do Rio de Janeiro (AARJ) realizam mais um encontro, desta vez no Centro de Educação Multicultural (CEM), na Penha.

No dia 09/08, a roda de mulheres da Rede Carioca de Agricultura Urbana realiza um mutirão no mesmo local. A atividade acontece em parceria com Instituto Pacs e Instituto Rio.

Conheça o curso Mulheres e Economia

Assista ao documentário “Mulheres e Economia 10 anos – uma experiência de educação popular” e leia a cartilha “Olhares feministas sobre a economia política e o mundo do trabalho”. O curso acontece todos os anos e é uma realização do Instituto Pacs, em parceria com o Neurb/FEUC, IFHEP, SinproRio e tem apoio da agência Pão para o Mundo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*