Pacs 30 anos: braços dados com a história do Brasil e da América Latina

O Instituto Pacs – Políticas Alternativas para o Cone Sul nasceu em 1986 a partir da iniciativa de economistas latino-americanos que voltavam do exílio após mais de uma década de ditaduras empresariais-militares.

Em face da agenda econômica neoliberalizante em voga naquela época, o Instituto Pacs passou a produzir pesquisas e trabalhos práticos que apontavam para a necessidade de construir políticas socioeconômicas alternativas à lógica do mercado e da rentabilidade a qualquer custo.

Na contramão disso, para nós a vida sempre esteve acima do lucro. Por isso, fomos pioneiros na luta pela integração dos povos do Cone Sul, nas propostas de uma Democracia ancorada numa economia a serviço dos setores populares, e um dos fundadores dos movimentos de comércio justo e economia solidária no Brasil. Participamos da criação das Redes REBRIP (Rede Brasileira pela Integração dos Povos), RBIFM (Rede Brasileira sobre Instituições Financeiras Multilaterais) e das Redes Jubileu Brasil e Américas, Rede Carioca de Agricultura Urbana (RCau), dentre outras ações e iniciativas que a história mostrou serem centrais. Entre estas a aposta no protagonismo das mulheres nas lutas que encampamos.

Somos uma organização da sociedade civil que atua a partir do tripé Informação e Educação, Incidência sobre os centros de poder e Inovações na práxis do Desenvolvimento e da Democracia. Logramos construir nessa trajetória de três décadas trabalhos em prol de “políticas alternativas” para a economia do mundo, da América do Sul, do Brasil e do Rio de Janeiro, onde estamos sediados.

Nosso maior desafio, ao longo desses 30 anos, tem sido mostrar à sociedade brasileira que alterações pontuais no ‘modelo de desenvolvimento’ econômico vigente não trazem as soluções para os graves problemas econômicos e sociais de nosso país e de nosso continente.

Em tempos de angústia para quem luta por justiça social no Brasil, nós, que nascemos do processo de redemocratização, denunciamos toda forma de oportunismo, golpismo, entrega de nossos bens comuns e retrocessos nos direitos para trabalhadores e trabalhadoras.

Em sua origem grega, a palavra economia remete à ideia do “gestão da casa”. Juntas e juntos seguimos lutando pela transformação social dessa “casa comum” que é nosso planeta, continente, país e qualquer território em que convivemos, construindo comunidades intencionais em que vigore amizade, a confiança, o acolhimento da diversidade, e o bem viver.

Dedicamos nosso esforço de mudança do mundo a quem tem o direito de colher os frutos em seu trabalho diário, no campo e na cidade.  Seguimos comprometidos com a ação transformadora, contribuindo todos os dias para a formação política e cidadã e para o empoderamento da classe trabalhadora.

Por isso, convidamos você a navegar por memórias de 30 anos de tantas lutas, resistências e conquistas, registrados em textos, fotos, vídeos, áudios e muitos afetos!

 

Acesse a linha do tempo de 30 anos do Pacs

 

Guarde na agenda!
Encontro Pacs 30 anos
Quando: De 9 a 11 de novembro
Local: Sindipetro – Av. Passos, 34 – Centro, Rio de Janeiro
Confirme Presença: pacs30anos@pacs.org.br/ (21) 2210 2124

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*