Curso Mulheres e Economia forma mais uma turma

IMG_5872

Aconteceu na última quarta-feira, 27, o encerramento da edição 2016 do Curso Mulheres e Economia. O grupo de cerca de 45 mulheres discutiu durante 5 módulos temas relacionados à economia feminista como dívida, mundo do trabalho, saúde e direitos sexuais e reprodutivos, dentre outros. Durante a última aula, Saney Sousa, integrante do Comitê Popular de Mulheres e educanda do curso, falou sobre estratégias de resistência e autoorganização das mulheres a partir dos territórios. Silvia Baptista, da Rede Carioca de Agricultura Urbana e também do Comitê Popular de Mulheres da Zona Oeste, compartilhou experiências de agricultura urbana e agroecologia no Rio de Janeiro como caminhos para o empoderamento das mulheres sobre suas vidas, corpos e comunidade.

Sandra Quintela, educadora popular, coordenadora do Instituto Pacs e uma das idealizadoras do curso destacou a importância da formação que em 2016 completa 13 anos de existência. “Se me perguntarem a importância desse curso hoje eu diria que é a mesma de quando a gente começou ele : das mulheres se apropriarem dos temas de economia, se apropriarem, pela educação popular, de coisas que fazem parte de suas vidas. Eu sempre digo que informação é poder”, defendeu.

No último dia foram lançados o vídeo documentário “Mulheres e Economia 10 anos – uma experiência de educação popular” e a cartilha “Olhares feministas sobre a economia política e o mundo do trabalho” (leia online) produzidos para marcar os dez anos da formação.

 

Durante a avaliação coletiva do curso, a metodologia participativa e o uso de poesias, sociodrama e outras linguagens durante as aulas foram destaque. “Eu saio daqui livre de muitos preconceitos e agradecida. Posso dizer que despertei, me transformei”, declarou Nely Marinho, participante. Aline Lima, educadora popular do Pacs, também destacou a diversidade do grupo como um ponto importante para o andamento do curso. “O grupo tinha mulheres com nível superior, outras distanciadas da educação formal, umas mais jovens, outras mais velhas, enfim, mulheres com diferentes histórias de vida e posso dizer que conseguimos, ao longo da formação, trocar a aprender juntas de maneira muito potente”, declarou.

O Curso Mulheres e Economia é uma realização do Pacs em parceria com a Feuc/Neurb, a Universidade da Cidadania/UFRJ e o IFHEP.

Texto e fotos: Iara Moura – Comunicação Pacs

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*